terça-feira, novembro 30, 2010

O meu testemunho sobre o domingo

Um dos nomes que têm sido lembrados para a presidência do Águia, o comerciante Tarcísio Marques promoveu atitude no mínimo grosseira no domingo (28/11) na Academia Engenho Novo, quando do torneio que organizamos para ajudar a custear a cirurgia da nossa amiga e colega Mariuza Giacomin.

O time que ele levou (formado em parte pelos seus funcionários) chegou à final contra a turma da RedeTV. Quando esta segunda equipe abriu o placar com um gol por baixo das pernas do goleiro, Tarcísio, que estava na arquibancada, começou a questionar que a bola teria entrado por fora da rede e mandou que o seu time se retirasse de campo.

A contragosto e visivelmente constrangidos, os jogadores se retiraram a mando do chefe. O troféu de campeão ficou para o time da RedeTV.
 
Não contente, após o discurso da própria homenageada, que agradeceu aos amigos pelo carinho e pelo espírito esportivo, Tarcísio pediu a palavra e se disse vítima da inveja de terceiros (aos quais não deu nome e nem explicou o que isso tinha a ver com o evento) pela posição que ele acredita ter alcançado na vida.

Com a ‘modéstia’ peculiar ele voltou a esnobar que é o empresário que mais investiu financeiramente no Águia até hoje e esbravejou que 99% dos torcedores aguianos querem ele na presidência do time [vírgula, eu sou torcedor e não fui alvo de tal pesquisa].
 
Ao final do rosário de ditos descoordenados e que em nada justificavam o fato de ter retirado o seu time bruscamente de campo, tirando o brilho da brincadeira, Tarcísio deixou o local sob olhares perplexos das pessoas ali presentes, a maioria da Imprensa.
 

A Pizzamille também chegou



O Dular da Folha 22 [Nova Marabá] inaugurou recentemente a franquia da Pizzamille no interior do supermercado. De forma rápida e eficiente, o atendimento aos clientes segue a todo vapor funcionando durante todo o horário comercial. Na foto, as atendentes Dayana Chaves Brito e Silvana Alves Ramos posam com Gabriela Pacheco, cliente da pizzaria.

Águia

Como todo bom torcedor do Águia de Marabá, sonho com o melhor para o clube e quando o faço não penso em nomes, nem em pessoas, penso em projetos.
 
Sempre digo aos amigos que a quem questiona Ferreirinha na presidência, deveria primeiro questionar o modelo. Defendo que o Águia não precisa mudar de dono, precisa mudar de conceitos, ser um clube de verdade, com sócios contribuintes e representação dos mesmos no destino da equipe.

Mais um curso de idiomas

No mercado de idiomas há 35 anos, o CNA é mais uma franquia do ramo que abre as portas em Marabá. Deverá oferecer cursos de inglês e espanhol na Nova Marabá, em prédio que está sendo reformado próximo ao supermercado Dular, na Folha 22.

Trânsito em Parauapebas

Município com frota superior a 26 mil veículos, segundo o Detran, Parauapebas vive o desafio de organizar o tráfego e achar uma nova dinâmica para o trânsito urbano, cada vez mais complicado pelo grande número de veículos pesados, vans e motocicletas em circulação. Nessa guerra diária, os pedestres são as maiores vítimas, tendo de se equilibrar para tentar se movimentar pelas ruas da cidade.

Um dos desafios é a própria travessia de faixas de pedestres, como mostra a foto abaixo. Poucos motoristas respeitam a faixa e o risco de atropelamento é sempre iminente.

segunda-feira, novembro 29, 2010

Supermercados

>>> Com espaço monumental no Bairro Beira Rio, em Parauapebas, o Hiper Senna mira construir filial à beira da Rodovia Faruk Salmen, próximo à Delegacia de Polícia. Deve iniciar a obra em 2011, em área de 10 mil metros quadrados. O proprietário quer, ainda, construir outra unidade em Canaã dos Carajás.


>>> Já o grupo Líder, no rastro do Yamada, deve iniciar a construção de um hiper, também em área de 10 mil m², à beira da Transamazônica, na Nova Marabá, a apenas 200 metros do futuro Shopping Pátio Marabá.

>>> Por outro lado, o Yamada, que visa iniciar a obra da Folha 33 em janeiro, pode inaugurar o seu supermercado já em julho de 2011.

sexta-feira, novembro 26, 2010

Divulgada agenda de Lula em Tucuruí

A navegabilidade parcial do rio Tocantins será restaurada a partir de terça-feira (30/11), com a inauguração das eclusas de Tucuruí, que permitirão a implantação da Hidrovia Araguaia-Tocantins. Nesta sexta foram divulgados detalhes da solenidade de inauguração.

A comitiva do presidente Lula tem previsão de desembarque no Aeroporto de Tucuruí às 13h30 do dia 30 de novembro, onde será recebida pela governadora Ana Júlia Carepa e pelo prefeito de Tucuruí, Sancler Antônio Wanderley Ferreira. De lá, o grupo visitará a Tenda 3D, um espaço na Vila da Eletronorte, onde será exibido um vídeo sobre o processo de transposição do rio Tocantins.

Em seguida, uma balsa levando o presidente, a comitiva, imprensa e convidados partirá do Porto Montante, fazendo o trajeto de transposição das Eclusas de Tucuruí, até o bairro da Matinha, onde ocorrerá a solenidade de inauguração e o anúncio da contratação dos engenheiros, que integram a primeira turma do campus da UFPA de Tucuruí.

A proposta de contratação foi feita pela governadora ao Consórcio Belo Monte, responsável pela UHE de Belo Monte. “Esse é um dos pontos que o governo do Estado valoriza, a mão de obra local”, reiterou ela, ressaltando que seu governo priorizou ações e propostas voltadas para a área social.

Entre as autoridades presentes estarão Paulo Sérgio Oliveira Passos, ministro dos Transportes, e Mário Pereira Cimmermann, ministro de Minas e Energia. É esperada a participação de mais de três mil pessoas, que presenciarão a última visita ao Estado de Luiz Inácio Lula da Silva, na condição de presidente do Brasil.
 
Nesta animação é possível entender como se dá a
travessia da chata (balsa) pelo canal até a eclusa

Denúncia contra coronel coloca PM no foco

Reportagem de capa dos jornais de Belém nesta sexta-feira o absurdo desvio de função de policiais militares em benefício de um oficial da PM abre um debate que já é antigo, num tipo de procedimento que se repete em todo o Estado. Aqui mesmo em Marabá ocorreu situação similar recente, com policiais ordenados pelo comandante a prestarem segurança armada a sede de fazenda.

Neste caso de Belém, a denúncia é de que o coronel PM José Osmar de Albuquerque Rocha Neto convocava subordinados para trabalharem na reforma de sua residência, em Belém. O oficial é hoje comandante da Companhia Regional 4, sediada em Abaetetuba e foi denunciado à Justiça Militar do Estado pelo Ministério Público Militar.

O promotor de justiça Gilberto Valente revelou os detalhes da investigação do caso em entrevista coletiva. Imagens gravadas por agentes do Grupo Especial de Prevenção e Repressão ao Crime Organizado (Geproc) mostram três soldados da PM pintando a residência do coronel, em Belém, nos dias 23 e 24 de setembro deste ano.

Durante depoimento, os policiais confessaram que receberam ordem para realizar serviços de pintura na casa do coronel José Osmar. Após a realização de Procedimento Administrativo Investigatório, o promotor de justiça decidiu que as provas encontradas foram suficientes para o oferecimento de denúncia criminal.




[Assista o vídeo divulgado na internet pelo jornal Diário do Pará]

Preso 'possuído' vira hit no Youtube

Aquele vídeo do preso que xinga o repórter virou um hit no Youtube e já tem mais de 20 mil exibições em alguns dos links que, por sua vez, não param de proliferar.

A história é a seguinte: Emílio, 32 anos, foi preso em Cerro Azul, no Paraná. Ele diz que assassinou a mãe a facadas porque ela estaria usando seus cartões de crédito sem autorização. De acordo com a família, Emílio é viciado em crack e cocaína e tem um histórico de problemas mentais. Grupos religiosos já comentam que ele estava 'possuído'.
Assista o vídeo abaixo:

 


Material bruto retirado dos arquivos do programa Boa Tarde Paraná.

quinta-feira, novembro 25, 2010

[Concurso] Prova já tem nova data: 6 de fevereiro


Está sacramentado: o concurso para provimento de cargos na Prefeitura de Marabá está valendo e não será mais questionado na Justiça pelo Ministério Público Estadual (MPE). Este blog já havia adiantado anteriormente sobre o recuo do promotor Luiz Gustavo Quadros, mas ontem (25/11), em entrevista coletiva, ele explicou as razões que o fizeram voltar atrás.

O MPE fez uma série de exigências ao Cetap, organizador do concurso, e este comprometeu-se a cumprir as mesmas (previstas num Termo de Ajustamento de Conduta), que dizem respeito à transparência e publicidade de todas as fases do certame. A nova data para a prova também está definida. Será no dia 6 de fevereiro de 2011, um domingo, como cobrou a comunidade Adventista.

As inscrições, por sua vez, estão prorrogadas até 15 de dezembro pelo site da instituição organizadora. Mesmo com as incertezas que permeavam o processo até o momento, já são mais de 7 mil os inscritos.

[A reportagem completa, por Larissa Papa, está publicada no CORREIO DO TOCANTINS desta quinta-feira (26/11)]

quarta-feira, novembro 24, 2010

Finalmente: Anac proíbe overbooking para evitar caos aéreo

[Clique na imagem para ampliar e ler o gráfico completo]
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) anunciou, na segunda-feira (22), um plano de contingência para tentar conter o caos aéreo no fim do ano em onze aeroportos do país. Entre as decisões apresentadas estão proibição de overbooking (quando as empresas vendem mais passagens do que os assentos disponíveis) e endosso entre companhias, ou seja, caso o voo de uma atrase mais de três horas, o passageiro terá direito de embarcar em outra que vá fazer o mesmo trajeto, sem custos adicionais. As regras valem para o período de 17 de dezembro a 3 de janeiro.

De acordo com a Anac, antes do acordo de fim de ano, o overbooking era liberado pela agência e não havia limite de passagens vendidas a mais. As empresas tinham apenas que dar assistência ao passageiro, mesmo que a solução fosse devolver o dinheiro da passagem.

Entre as decisões tomadas pela Anac também está prevista a obrigatoriedade de aeronaves reservas. As empresas terão de manter aviões extras principalmente nos eixos Rio, São Paulo, e Brasília. A TAM anunciou que vai disponibilizar cinco aeronaves reservas, a Webjet duas, a Gol quatro, a Azul uma, a Trip quatro e a Avianca mais uma.

Primeiro computador da Apple é vendido por valor 425 vezes superior ao iPad

Apple-1, o primeiro computador criado por Steve Jobs

Um exemplar do "Apple-1", o primeiro computador criado pela empresa de Steve Jobs em 1976 e do qual só foram fabricados 200 exemplares, foi vendido nesta terça-feira em Londres por US$ 213,6 mil, um preço 425 vezes superior a última invenção da Apple, o iPad.

O negócio consta na última terça-feira no blog de tecnologia do "The New York Times". O processador deste computador é mil vezes mais lento do que o cobiçado "tablet", mas a eficiência não é a prioridade dos nostálgicos que se reuniram nesta terça-feira na casa de leilões Christie's na capital do Reino Unido.

O "Apple-1", cujo preço original em 1976 era de US$ 666,66, teve oferta inicial na Christie's de US$ 150 mil. Além do equipamento em si foi leiloado uma série de complementos, incluindo uma carta assinada por Steve Jobs. (Exame.com)

De tirar o sno

Representante de empresa que está se instalando em Marabá para prestar serviço para concessionária de energia procurava ontem no comércio local, para pronta entrega, 30 colchões para alojamento que está sendo montado. Em nenhuma das grandes lojas do ramo ele encontrou.

Ou os estoques estão baixos ou colchão anda vendendo à beça. Um salve!

Só para constar, o referido alojamento é para abrigar técnicos que está trazendo de fora, pois não teria encontrado disponibilidade de determinados profissionais em Marabá.

terça-feira, novembro 23, 2010

Pará recebe R$ 650 mi do PAC 2

Com recursos de R$11,80 bilhões em verbas federais, a segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) vai destinar R$ 650 milhões para serem investidos no Pará. As obras realizadas com estes recursos vão beneficiar 14 municípios do chamado Grupo1, que contempla a capital e cidades localizadas na região metropolitana.

No total 1258 obras e projetos serão realizadas em todo o Brasil com as verbas do PAC 2. Somado ao montante de investimento também há R$5,46 bilhões que podem ser financiados com recursos do Fundo de garantia por tempo de Serviço (FGTS).

Esta primeira fase do PAC 2 trabalha com cerca de metade dos recursos previstos para esta etapa do programa. Entre as obras e projetos contemplados estão ações para pavimentar vias urbanas, saneamento, drenagem, além de construção de 90 mil unidades habitacionais pelo programa Minha Casa, Minha Vida, em complemento a essas obras.

Fonte: IG

Concurso: MPE recua e inscrições são prorrogadas

As inscrições para o concurso público da Prefeitura de Marabá, que deveriam ter se encerrado no último domingo (21), foram prorrogadas por tempo indeterminado, segundo o secretário municipal de Administração, José Nilton de Medeiros. Ele afirmou também que a data da prova, que seria realizada no dia 18 de dezembro deste ano, foi transferida para a segunda quinzena de janeiro de 2011.

As informações sobre as novas datas, até o final da manhã de ontem, segunda-feira (22/11), eram vagas. O próprio secretário de Administração foi pego de surpresa pela repórter do CORREIO DO TOCANTINS, ao informá-lo de que a empresa Cetap, responsável pela organização do concurso, havia prorrogado as inscrições em seu site.

Avisado, José Nilton entrou em contato com o Cetap que, confirmou ter prorrogado as inscrições até que o Ministério Público do Estado (MPE) se manifeste a respeito do pedido de reconsideração, em documento protocolado e enviado ao MPE na última quinta-feira (18). Em princípio, ficou estabelecido que as inscrições ficassem disponíveis por mais 15 dias.

MPE
Procurado por telefone pela a Reportagem do CT, o promotor de Justiça Gustavo Quadros disse que se encontrava em Belém, onde passou a amanhã de ontem em reunião com os advogados do Cetap, para decidir sobre o futuro do concurso.

De acordo com o promotor, não haverá, neste momento, necessidade de entrar com a ação judicial que pediria a suspensão do certame, conforme ele anunciou na semana passada que faria, caso o município insistisse em prosseguir com as inscrições.

“Nesta quarta-feira tomaremos a decisão de liberar ou não o concurso público. Em princípio, iremos postergar a ação judicial, pois, em reunião com os representantes e advogados do Cetap, foram apresentadas propostas que atendem às recomendações do Ministério Público”, concluiu o promotor.

[A reportagem completa de Larissa Papa no CT deste dia 23/11]




Jovem invade aeroporto e aciona motor de aeronave

Uma tentativa de roubo de aeronave. É o que a Sete Táxi Aéreo considera que houve na noite de domingo (21), no Aeroporto de Marabá, quando um jovem de 19 anos conseguiu acesso à pista, arrombou um Cessna C 280 - Caravan e chegou a acionar o motor da mesma. Capturado, o rapaz foi apresentado à Polícia Federal e mais tarde liberado. A empresa ainda contabiliza os prejuízos, mas deixa claro que responsabiliza a Infraero pelo ocorrido, que é um fato de extrema gravidade.

Tão logo foi informada sobre o assunto, até então mantido em sigilo pelas autoridades aeroportuárias, a reportagem do CORREIO DO TOCANTINS procurou a Polícia Federal para obter maiores informações, assim como ouviu pessoas que trabalham no Aeroporto João Corrêa da Rocha.

Segundo consta, o fato inusitado se deu por volta das 22h40 do último domingo (21), quando o rapaz, mais tarde identificado como Mateus dos Santos Silva, conseguiu ter acesso à pista do aeroporto, sem que fosse notado pela segurança, entrou numa aeronave da empresa Sete e, por pouco, não decolou, uma vez que chegou a acionar o motor da mesma.

Um aviador ouvido pelo CT considera que o jovem só não conseguiu taxiar a aeronave prefixo PT MET porque não soube abrir a válvula de combustível que fica fechada por medida de segurança. Com isso, o motor foi acionado, mas logo falhou. Percebido pelo funcionário do setor de cargas de uma outra empresa, o rapaz saiu correndo e tentou entrar à força no Boeing da Gol, que àquela altura já estava em solo.

[A reportagem completa está no CORREIO DO TOCANTINS desta terça (23/11)]

Juiz ganha despedida emocionada de Marabá

Haddad vai para Montes Claros (MG)
Servidores da Justiça Federal, procuradores da República, advogados, delegados federais, oficiais militares, políticos e amigos tomaram parte num jantar que marcou a despedida do juiz Carlos Henrique Borlido Haddad da titularidade da Subseção da Justiça Federal em Marabá. O homenageado, transferido para Montes Claros (MG), foi às lágrimas no seu discurso de adeus, fazendo uma declaração de amor a sua profissão e à cidade que prometeu guardar na memória como uma das maiores experiências de sua vida.

Mineiro, Haddad é doutor em Ciências Penais pela Faculdade de Direito da UFMG e foi designado para Marabá em 2006. Desde então despachou mais de 21 mil processos. Quando aqui chegou eram 4 mil os que estavam em tramitação, mas em meio a uma demanda crescente a subseção tem hoje outros 14 mil em tramitação.

“Assim como Marabá cresceu, a demanda na Justiça cresceu muito. Daqui a pouco teremos uma sede mais ampla para atender a população, dar melhor condição de trabalho aos servidores. Uma nova vara será instalada aqui no ano que vem para dividir o trabalho com novos juízes, novos servidores. A perspectiva da Justiça Federal a curto prazo é de melhoria”, disse ele ao CORREIO DO TOCANTINS.

Emoção 
Embora imaginasse o que seria a homenagem organizada para ele, Carlos Henrique Haddad foi tomado pela emoção durante o jantar, esta expressa nas lágrimas que não conseguiu conter, ou na voz embargada ao discursar. Ele, aliás, havia gravado sua fala em vídeo, “o plano B”, como explicou, caso não conseguisse concluir sua oratória.

Enalteceu o profissionalismo dos seus colegas de trabalho na subseção, citando alguns nominalmente, como Itaguary e Ana Christina Maranhão Juliano, diretora de Secretaria, a qual, aliás, convidou para continuar trabalhando com ele em Minas Gerais.






sexta-feira, novembro 19, 2010

Conjove recebe empreendedor do Paraná


Apontada em pesquisas e por reportagens de revistas especializadas como a “bola da vez” na economia do País, entre outras cidades de porte médio no Brasil, Marabá não para de atrair a atenção de empreendedores. Esta semana a diretoria do Conjove (Conselho de Jovens Empreendedores) da Acim recepcionou na cidade o jovem veterinário Arthur Wada, que viajou desde o Paraná para conhecer o potencial de Marabá.

Wada participou da reunião do Conjove na última quinta-feira (18) a convite do conselheiro Patrick Roberto Carvalho e explicou os motivos que lhe levaram a cogitar Marabá para residir e abrir uma empresa no ramo veterinário.

O jovem empreendedor explicou que fez uma vasta pesquisa na internet quanto a cidades em franco crescimento e que possam significar novas oportunidades. Com isso, elegeu Marabá e Parauapebas, no Pará, mais Imperatriz e Açailândia, no Maranhão, para visitar e conhecer mais de perto. Ele está viajando sozinho e de carro.

Wada disse ter lido sobre Marabá na revista Veja, além de ter obtido maiores detalhes em sites e em blogs, com informações animadoras. “A minha primeira impressão da cidade foi ótima e recebi também boas referências de quem veio para cá construir a sua vida”, relatou o veterinário, o qual, por onde passa, visita primeiramente a unidade do SEBRAE da cidade.

Presidente do Conjove, Márcio Xerfan deu as boas vindas a Arthur Wada e falou algo sobre o comércio marabaense, fazendo votos de que ele seja feliz na escolha que fizer quanto ao seu futuro. Todos os demais conselheiros disseram ao visitante que a cidade está de portas abertas para empreendedores dispostos a colaborar com o crescimento de Marabá.

Gestão

Na reunião de quinta-feira a diretoria do Conjove deliberou sobre a realização de uma ação social voltada a crianças neste final de ano, assim como a realização de uma palestra institucional dentro da programação da Ficam (Feira da Indústria, Comércio e Arte) de 2010, com data provável para o dia 9 de dezembro. O evento terá lugar no Ginásio Poliesportivo, na Folha 16.

Também foi discutido sobre a eleição para a nova diretoria do conselho. Márcio Xerfan agradeceu o apoio do grupo ao longo da sua gestão, em 2010 e sugeriu como nome para sucedê-lo na presidência o do empresário do ramo de educação escolar Marcelo Araújo Júnior, atual vice-presidente.

Na ocasião, não foi ventilado nenhum outro nome para concorrer a presidente do Conjove, mesmo assim será aberto o prazo regimental para apresentação de chapas, obedecendo aos critérios exigidos para candidatura e a eleição acontecerá no dia 2 de dezembro, na sede da Acim.

Compareceram à reunião: Mascarenhas Júnior, Thiago Loyola, Caetano Reis, Raimundo Júnior, Hudson Silva, Valvilson Jr., Marcelo Almeida, Wahib, Márcio Xerfan e Helbe Araújo Aranha.

Futuro do Águia

Fonte do blog dá conta de que as conversas de bastidores apontam para entendimento. Tarcísio Marques não estaria tão disposto a apresentar candidatura a presidente quanto alardeiam os entusiastas do seu nome. Ele, em verdade, quer retornar à diretoria e ter voz e vez na mesma.

Com isso, caso aceite acatar os pontos colocados em discussão pelos seus opositores, Ferreirinha pode mesmo ser candidato único na eleição do dia 7 de dezembro, mantendo-se na presidência do clube.

quinta-feira, novembro 18, 2010

Carajás fica para a próxima semana

Os Projetos de Decreto Legislativo (PDC’s) 2300/09 e 159-B/92 de autoria do Senado Federal e do deputado Giovanni Queiroz (PDT-PA) que seriam apreciados na sessão extraordinária da Câmara desta quinta-feira, 18 de novembro, no período da manhã, foram retirados da pauta a pedido do parlamentar pedetista para evitar que a sessão fosse derrubada por causa da insistência do vice-líder do PSDB, Antonio Carlos Panuzzio (SP), em requerer verificação nominal, caso as propostas fossem colocadas em votação.

Além de Panuzzio, outros dois deputados foram estridentes na oposição de votar os PDC’s na sessão extraordinária de hoje. Foram eles: Arnaldo Madeira (PSDB-SP) e José Genuíno (PT-SP). Ambos disseram que projetos que aprovam plebiscitos não podem ser apreciados em votação simbólica.

A expectativa de Giovanni Queiroz é de que na próxima terça ou quarta, os PDC’s sejam analisados. “Precisamos de maioria simples e a maioria desta Casa nos apoia”, disse. “Na próxima semana é bem provável que o plebiscito de Carajás seja aprovado”, comentou.

Fonte: Assessoria Dep. Giovanni Queiroz

Prefeitura ignora promotor e mantém concurso

A Prefeitura de Marabá deu o ‘calado’ como resposta à recomendação do Ministério Público do Estado (MPE) pelo cancelamento do concurso público e o promotor Luiz Gustavo Quadros, da 1ª Promotoria Cível de Justiça de Marabá, confirmou ao CORREIO DO TOCANTINS que ingressará com ação na Justiça para cancelar o processo de seleção já em andamento.

O prazo de 72 horas para o governo municipal se manifestar encerrou na terça-feira (16), mesmo dia em que o prefeito Maurino Magalhães, segundo seus assessores, havia ficado de se pronunciar sobre o assunto, o que não aconteceu. Enquanto isso, todos os setores da prefeitura envolvidos agora deixaram de responder a respeito do concurso e jogam a responsabilidade para o gestor, o qual até esta quarta (17/11) estava fora do município.

No meio do fogo cruzado e sem saber se o concurso ocorrerá ou não, milhares de interessados e pessoas que já fizeram a inscrição estão no ‘escuro’, em dúvida sobre como ficará a situação.

Ação

Não só a imprensa não recebe informações claras sobre o que será do concurso, como o próprio promotor de Justiça Luiz Gustavo Quadros não obteve resposta a sua recomendação.

“Até o momento não houve nenhuma manifestação expressa do município. Então, como o prazo que estipulei era de 72 horas para a suspensão das inscrições e eles permaneceram inertes, na segunda-feira (22/11) iremos propor a ação judicial para suspender judicialmente o concurso, já que recomendação não foi acatada”, informou o promotor.

O edital já divulgado e mantido pela entidade organizadora estipula como prazo final para inscrições o dia 21 de novembro, próximo domingo.

[A íntegra da reportagem no CORREIO DO TOCANTINS desta quinta - 18/11]

Paraquedistas querem quebrar recorde paraense


Os paraquedistas do grupo Mabjump, de Marabá, estão treinando para a quebra do recorde paraense de formação no ar, em queda livre, o que será tentado durante evento em Paragominas nos dias 11 e 12 de dezembro. A meta é formar um 15 way, ou seja, lançar 15 atletas a uma altura de 12 mil pés, formando uma estrela no céu.

Para alcançar esse objetivo, o grupo esteve Boituva (SP), no Centro Nacional de Pára-quedismo (CNP), onde iniciou os treinos para o salto. Segundo o instrutor do MabJump, Craw Pereira, o atual recorde paraense é um 12 way e já dura 10 anos. Já o recorde marabaense foi estabelecido pela sua equipe em

24 de junho 2010, um 6 way em queda livre, mais tarde, em 7 de novembro, superado por um 7 way.

Em saltos, quanto maior o número de paraquedistas participando da formação, maior o grau de dificuldade, exigindo horas de treinamento e muita sincronia dos envolvidos para que a formação aconteça com perfeição, antes do limite de altura em que os pára-quedas têm de ser acionados.

Empreiteiro é o empresário do ano em Marabá

Ricardo Gontijo
O diretor-presidente de uma das maiores incorporadoras e construtoras do País, a mineira Direcional Engenharia, Ricardo Valadares Gontijo, é o empresário do ano 2010 em Marabá. Assim ele será condecorado no dia 17 de dezembro pelo Sindicato do Comércio (Sindicom) no tradicional Baile do Empresário. O ramo representado por Gontijo é o que mais cresceu em volume de negócios na cidade no último ano.

De acordo com a Agência Investimentos e Notícias a Direcional Engenharia teve lucro líquido de R$ 43,916 milhões no terceiro trimestre de 2010, representando expansão de 51,3% em comparação com os mesmos meses do ano anterior. De janeiro a setembro, o lucro da companhia cresceu 97,3%, para R$ 118,447 milhões. A receita operacional líquida foi contabilizada em R$ 210,707 milhões, com avanço de 86,9% em relação a igual época de 2009. No acumulado do ano, a receita somou R$ 518,622 milhões, acréscimo de 97,9% na variação anual.

Engenheiro e hoje dono de investimentos que incluem fazendas e empresas de capital aberto, Ricardo Gontijo fundou a Direcional em 1981, em Belo Horizonte (MG), e hoje tem projetos espalhados por todo o Brasil. Em Marabá, lançou com grande campanha publicitária o Total Ville, conjunto residencial misto à beira da Transamazônica, iniciando um ‘boom’ de investimentos similares.

Segundo o Sindicato do Comércio, Gontijo concorria a Empresário do Ano em Marabá com outros dois empreendedores do mesmo setor. Antônio José Guadagnin, do Loteamento Novo Progresso e Gustavo de Castro Borges, da Premium Engenharia.


[Reportagem completa no CORREIO DO TOCANTINS desta quinta]

quarta-feira, novembro 17, 2010

Pátio Marabá

Em seu perfil no microblog Twitter na noite desta quarta-feira Tonny Bonna afirmava que o projeto do Shopping Pátio Marabá acabara de ser aprovado, por unanimidade, pelo Conselho do Plano Diretor de Marabá.

terça-feira, novembro 16, 2010

O gol mais perdido de todos os tempos!

Amante que sou do futebol, não deixo de postar sempre algo interessante sobre a paixão nacional. Hoje o assunto é o gol mais perdido de todos os tempos. Este aqui, podem ter certeza, não concorreria ao Bola Murcha do Fantástico, por ser hours concours, ou seja, fora de série (imbatível).

Aconteceu em uma partida dos Jogos da Ásia entre Qatar e Uzbequistão. Após se aproveitar do que então seria uma falha bisonha do goleiro uzbeque, o camisa 7 Khalfan Fahad dominou, foi na direção do gol e…  confira o vídeo abaixo!



segunda-feira, novembro 15, 2010

Desembargador promove inspeção em Marabá

O coordenador estadual da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Pará, desembargador José Maria Teixeira do Rosário, estará em visita de inspeção à Comarca de Marabá nesta terça e quarta-feira, 16 e 17. O objetivo é verificar a situação de risco envolvendo crianças e adolescentes no município.

Além do coordenador, participarão das atividades na Comarca integrantes da Rede de Proteção e Atendimento dos Direitos da Infância e Juventude, como representantes do Ministério Público, da Defensoria Pública, da Ordem dos Advogados do Brasil, além de um representante das Organizações das Nações Unidas (ONU).

Após os trabalhos, os participantes deverão elaborar uma Agenda de Compromissos buscando soluções para os possíveis problemas que venham a ser detectados, com programa de atividades das instituições envolvidas.

Mais concurso

A notícia da contestação do processo de realização do concurso público da Prefeitura de Marabá pelo Ministério Público causou uma confusão geral na cabeça dos interessados. Muitos agora não sabem se devem ou não fazer a inscrição, assim como os que já fizeram têm dúvida sobre o que será do destino do processo. O certo é que as inscrições continuam abertas e estão valendo, segundo a prefeitura, mesmo diante da recomendação em contrário do promotor público.

Segundo a Procuradoria Geral do Município (Progem), somente na tarde de quinta-feira (10/11) o município foi notificado pelo MP. A administração sustenta que manterá o concurso e que está disposta a corrigir eventuais distorções ou erros no edital. Na sexta-feira mesmo o procurador geral adjunto do município, Alexandre Lisboa, esteve reunido com membros do Ministério Público, mas não adiantou o que ficou decidido. Segundo ele, a palavra final da prefeitura sobre o caso será dada publicamente pelo prefeito Maurino Magalhães na terça-feira (16).

Paraense Tayna ganha concurso de modelos teen

Confesso que eu não vinha acompanhando, mas acabo de ler aqui no Globo.com, que a paraense Tayna Carvalho, de 18 anos, ganhou o concurso Garota Fantástica na noite deste domingo (14) no programa Fantástico.
 
Na peneira, ela passou por 5 provas, antes de ter o seu nome aprovado para escolha final pelo público, juntamente com outras três finalistas. Com votação pela internet e por telefone, ela ficou com 52% da preferência dos telespectadores.

Nascida em Belém, Tayna tem 1,75 de altura, 79 de busto, 59 cm de cintura e 88 cm de quadril.

Com a vitória ela fatura 500 mil reais em contratos publicitários com a agência Mega Models, e embarca nesta segunda-feira (15) para Milão, na Itália, onde vai conhecer as coleções da moda outono-inverno.

sábado, novembro 13, 2010

Indico a nossa reportagem sobre a ponte

Ficou muito bom o nosso (equipe do CT) material da cobertura da liberação do tráfego na segunda ponte sobre o rio Itacaiúnas. Traçamos um paralelo histórico entre a primeira ponte, inaugurada em 13/11/1981, portando com 29 anos completos neste sábado, e a segunda, que compõe a obra de duplicação da Transamazônica.

Também publicamos fotos aéreas que dão um bom panorama da nova dinâmica do trânsito, com a nova ponte. Autoridades continuam prometendo a duplicação completa para dezembro de 2011. Será que vai?






sexta-feira, novembro 12, 2010

Duplicação da Transamazônica


# Desencontradas

Questionado por repórter do jornal CORREIO DO TOCANTINS sobre a data prevista para liberação do primeiro viaduto (antigo trevo) para o tráfego, o secretário de Obras Lucídio Colinetti estimou que no dia 30 de dezembro o mesmo esteja concluído e entregue. A fala dele, no entanto, diverge do chefe do Dnit, Dilson Gouveia, que afirma que apenas no dia 18 de dezembro será construída a 1ª viga dessa obra.
 
O local do viaduto e antigo trevo, em imagem aérea colhida em 11/11/2010

# Asfalto

Quanto a burburinho na cidade dando conta de que o asfaltamento nas vias laterais não sai e caminha a passos lentos porque a empreiteira responsável não trouxe para Marabá a sua fábrica de asfalto, o jornal jogou esse questionamento a Dílson Gouveia. Ele rebate tal ideia. Na versão dele a construtora já tem toda a capacidade para realizar o serviço e o mesmo só não foi efetivado até o momento devido a incompatibilidade com a Celpa e a companhia telefônica de datas para o remanejamento da rede elétrica. O prefeito Maurino Magalhães, aliás, voltou a criticar publicamente a empresa de energia pela “falta de colaboração”.

Shopping é lançado para lojistas de Belém


Com a participação de diversos lojistas de Belém, foi lançado comercialmente na última quarta-feira (10/11) o Unique Shopping Marabá para os empresários da capital paraense. O evento ocorreu em espaço nobre da cidade, no Chateau Classic, localizado no Parque da Residência. Os participantes, em meio a um coquetel, puderam conhecer mais sobre Marabá, assim como os detalhes do empreendimento que foram apresentados pelo diretor presidente da Urbia, André Agostinho, coadjuvado pela jornalista Marina Miralha.

De acordo com Agostinho, a escolha de Marabá para implantação do Unique Shopping foi influenciada pelo potencial econômico da cidade, a qual também possui uma localização estratégica e um mercado consumidor carente de produtos e serviços, avalia. André revelou que o empreendimento segue uma tendência de mercado ao buscar investimentos em cidades de médio porte com construções menores, de menor custo, mas de melhor fluxo de público.

Outra tendência que o shopping pretende seguir, informa o diretor presidente, é a de ampliar a função social e comunitária desse tipo de empreendimento, oferecendo segurança, lazer, entretenimento e diversão para as pessoas. “O Unique Shopping é um produto inovador, único, com um projeto que promove a interatividade e com uma localização ímpar, o que é essencial para o varejo”, afirmou.

Um vídeo foi apresentado em telão de LED aos presentes mostrando os números do investimento. São R$ 160 milhões em uma área de 88 mil metros quadrados – no entroncamento da rodovia Transamazônica e PA-150 –, com mais de 200 lojas satélites, 10 mega lojas, 6 âncoras, 6 salas de cinema, 27 operações de alimentação e 2 restaurantes. O espaço disponível para implementação de lojas, tecnicamente chamado de área bruta locável (ABL), é de 33 mil metros quadrados. O projeto conta ainda com dois hotéis operados pela rede Accor, o Mercure e o Formule 1.

Entre as marcas confirmadas no Unique Shopping Marabá, estão as Lojas Americanas, C&A, Lojas Visão, Marisa, Avenida e Esplanada. André Agostinho, em sua fala, fez questão de ressaltar a parceria entre as empresas Mutran & Mutran, Urbia e a construtora Premium Engenharia, a qual ele considera essencial para a viabilidade da operação. Ao final, convidou os empresários da capital para conhecer Marabá, empreender e investir em uma cidade que “apresenta o crescimento e desenvolvimento muito acelerado”.



MPF cobra e Justiça determina obediência às regras da pecuária sustentável

Fazendas que haviam sido embargadas administrativamente pelo Ibama, mas que foram autorizadas a continuar a atividade pecuária poderão agora sofrer embargo judicial no sul e sudeste do PA.

Elas deveriam obedecer as regras da pecuária sustentável, previstas em acordos entre o MPF e os frigoríficos. Não poderiam, por exemplo, fazer novos desmatamentos sem autorização.

Mas a Procuradoria da República em Marabá recebeu denúncias, em setembro passado, de que pelo menos uma das empresas teria causado um grande desmatamento esse ano.

O MPF solicitou a fiscalização do Ibama e o dano foi constatado em uma propriedade da Agropecuária Santa Bárbara em São Felix do Xingu, a fazenda Lagoa do Triunfo. O Ibama autuou 13 desmatamentos não autorizados que somaram 2,3 mil hectares de floresta destruídos.

Assim que receber os documentos e informações da fiscalização oficialmente, o MPF deve encaminhar a questão ao juiz federal Carlos Henrique Borlido Haddad e pedir a execução do embargo judicial, que poderá impedir a Agropecuária Santa Bárbara de vender gado.

A Agropecuária Santa Bárbara e outros grandes produtores de gado da região sul do Pará mantinhan as atividades pecuárias com base na suspensão de processos judiciais de responsabilização por danos ambientais, iniciados pelo MPF no ano passado.

A suspensão foi uma tentativa de entendimento, mas não houve acordo do MPF e do Ibama com os produtores. O procurador da República em Marabá, Tiago Modesto Rabelo, pediu então o prosseguimento dos processos e a imposição imediata de diversas obrigações de respeito à pecuária sustentável, o que foi acolhido pela Justiça Federal em Marabá. Quem não cumpriu as obrigações está sujeito agora ao embargo judicial.

Fonte: Ascom MPF

quinta-feira, novembro 11, 2010

Me falaram sobre esse vídeo, do futebol americano e eu não tinha levado a sério. Mas é verdade. Confiram:

Confirmado: ponte será liberada nesta quinta


A ideia da Prefeitura de Marabá é que o tráfego de veículos passe a fluir normalmente, sem engarrafamentos, no trecho urbano da Transamazônica a partir desta quinta-feira (12). É que está confirmada para hoje a abertura da segunda ponte sobre o rio Itacaiúnas para o trânsito de veículos. Apesar da obra fazer parte do todo da duplicação de 6 Km da rodovia, o Gabinete da Prefeitura promete uma solenidade oficial no local para as 16 horas de hoje. Só depois é que a ponte seria aberta.

A solução foi adotada para minimizar os impactos da obra que praticamente tem estrangulado o tráfego na rodovia e tem gerado muitas queixas dos motoristas. Com isso, a empreiteira responsável promete centrar esforços na construção dos três grande viadutos, dois dos quais já em construção. O período chuvoso, que já começou, deve atrapalhar o trabalho nos desvios e pistas auxiliares. Mesmo assim, a Prefeitura de Marabá continua garantindo que entrega a obra completa em dezembro de 2011.

Na sua última edição o CORREIO DO TOCANTINS anunciava que as máquinas trabalhavam na pavimentação de um novo desvio para quem sai da Marabá Pioneira e no traçado de um novo trevo, à margem da obra do Viaduto 1.

De acordo com Dilson Nunes Gouvêa, chefe da Unidade Regional do DNIT as pistas de acesso à ponte já foram finalizadas, porém ele observa que tudo o que está sendo feito tem caráter provisório. Nada tem a ver com o traçado final que terá a rodovia quando duplicada.

Duplicação

A duplicação da ponte sobre o rio Itacaiúnas faz parte de um empreendimento maior que é a duplicação da Rodovia Transamazônica (BR-230), no perímetro urbano entre a ponte e o Km 06. A obra está orçada em R$ 83,5 milhões, recurso este vindo dos cofres da União. Porém, quem está executando a obra, é a Prefeitura de Marabá, que já recebeu R$ 50 milhões da União, sendo que R$ 35.052.582,74 foram aplicados, o que corresponde a aproximadamente 40% da obra.

O projeto de duplicação prevê que a rodovia Transamazônica terá quatro pistas do Quilômetro 6 até a altura da Rodoviária Pedro Marinho de Oliveira, na Folha 32, Nova Marabá. De lá até a ponte sobre o rio Itacaiúnas serão oito pistas.

quarta-feira, novembro 10, 2010

no Twitter


Em resposta aos amigos que solicitaram a minha identificação no twitter, é a seguinte: @patrickroberto_

Ainda estou engatinhando na ferramenta, mas acho agradável e útil. Até a manhã de hoje eu tinha 71 seguidores. Esse termo, aliás, 'seguidores', é bem estranho, custo a me acostumar. Parece coisa de 'messias', profeta ou coisa do tipo. Prefiro ter amigos, a seguidores! (Rs)

Promotor 'recomenda' cancelamento do concurso

O promotor Luiz Gustavo (e) fala a repórteres no MP

O que já recebi de mensagens hoje cobrando mais detalhes, não está nos gibis! Pois bem, a história é a seguinte: o promotor de Justiça Luiz Gustavo Quadros, da 1ª Promotoria Cível de Justiça de Marabá, reuniu a imprensa na tarde de terça-feira (09/11) para anunciar que estava recomendando à Prefeitura Municipal a suspensão do concurso público.

O promotor apresentou um documento (Relatório de Análise de Edital) redigido por ele e que conta com nove itens, referentes a vários aspectos questionáveis do edital e do próprio processo de seleção. Entre outras coisas, são apontadas falhas em pontos do edital e problemas envolvendo o Cetap, instituição que ganhou a concorrência para organizar o concurso.

O trecho final do documento, referente à conclusão do promotor, diz o seguinte:

Ante o exposto, o Representante do Ministério Público oficiante na 1ª Promotoria de Justiça Cível de Marabá RECOMENDA ao Excelentíssimo Sr. Prefeito Municipal de Marabá:

a) A suspensão das inscrições do concurso público nº 001/2010, bem como a retenção dos valores já pagos;

b) A anulação do processo licitatório nº 050/10 e Concorrência nº 002/10 CPL/SEVOP/PMM bem como o contrato com a empresa CETAP LTDA, no prazo de 72 horas;

c) A abertura de novo processo licitatório para a escolha de entidade a promover o concurso público;

d) Caso o Município de Marabá delibere pelo andamento, o Ministério Público ajuizará as medidas judiciais cabíveis para suspender o concurso, e a anulação do contrato bem como pela sanção dos agentes envolvidos nestes fatos.

Prefeitura

Na manhã desta quarta-feira a prefeitura ainda não havia sido oficialmente notificada. O secretário de Administração, José Nilton, no entanto, disse ao CORREIO DO TOCANTINS não ver necessidade de suspensão ou cancelamento do processo, uma vez que as falhas podem ser corrigidas.

Ainda segundo ele, um eventual descarte do que já foi feito até agora exigiria recomeçar o concurso do zero, o que poderia levar meses e com certeza prejudicar a administração municipal que tem urgência pelo preenchimento dos cargos vagos por servidores concursados.

O blog não conseguiu contato, ainda, com a empresa Cetap, de Belém, para que comente o caso. A entidade foi a vencedora da licitação que envolveu oito concorrentes e foi tumultuada com inúmeros processos administrativos, e cada uma das interessadas tentando impugnar a outra. A Sabesp chegou a ingressar com recurso na Justiça, razão pela qual a realização do concurso vinha se arrastando há quase um ano.

Pelo menos três concursos público em andamento em Roraima e organizados pela Cetap estariam suspensos no momento por ações do Ministério Público, todos com irregularidades ou falhas identificadas.

A reportagem completa, o leitor acompanha no CORREIO DO TOCANTINS desta quinta-feira, 11 de novembro.

Assessoria de deputada emite nota

Assessoria da deputada estadual Bernadete ten Caten nos enviou nota mais detalhada em reação à decisão do Tribunal Regional Eleitoral de ontem. Publico a íntegra do texto para os leitores do blog:

"Convicta do equívoco na decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que nos termos da ação de investigação judicial eleitoral decidiu condenar-me a três anos de inelegibilidade é que venho a público prestar alguns esclarecimentos:

1- Em primeiro lugar, cabe ressaltar que em toda minha vida política dediquei-me fielmente a defesa das mudanças sociais e da melhoria da qualidade de vida da população deste Estado sempre balizada por princípios éticos e de justiça.

2- O objeto desta ação é tão somente a comemoração de um aniversário que para aqueles que não conhecem a verdade dos fatos e mais do que isso a minha militância e minha vida pública denotou abuso de poder econômico.

3- Tal evento foi realizado em fevereiro de 2008 muito antes do prazo devido para anúncio dos candidatos ao pleito municipal de Marabá (junho de 2008, conforme Resolução 22.579/TSE) e serviu para comemorar aniversário de 28 anos de fundação do Partido dos Trabalhadores com a posse de seus dirigentes locais num espaço que foi alugado sendo a consumação de bebida e de comida paga pelos participantes.

4- O que pode-se perceber nesta decisão e na divulgação feita da mesma em diversos blogs no dia de hoje é uma verdadeira perseguição política levada a cabo contra mim, cidadã que representa uma região historicamente sofrida e que dedicou anos de sua vida a defesa intransigente dos menos favorecidos.

5- Tal condenação não relaciona-se em nada com a Lei da Ficha Limpa nem significou a cassação de meu mandato. Também está longe de representar uma decisão definitiva pois recorremos desta com a certeza de que os mais de 33 mil votos recebidos por mim serão respeitados e honrados em mais um mandato de luta com o povo.

Belém, 09 de novembro de 2011

Bernadete ten Caten"

terça-feira, novembro 09, 2010

Bomba - Concurso da PMM pode ser suspenso

Atenção pessoal. Acaba de chegar aqui à Redação a informação de que o concurso da Prefeitura de Marabá, já iniciado, pode ser suspenso. É questionada a idoneidade da empresa contratada para organizar o processo e outros aspectos.

Promotores de Justiça convocaram a Imprensa para uma entrevista coletiva que está acontecendo neste momento. Dou mais detalhes daqui a pouco. 

Bernadete contesta sua condenação

Ao falar à imprensa da capital já na tarde desta terça-feira, a deputada Bernadete ten Caten (PT) declarou que considera um abuso a cassação do seu registro de candidatura pelo Tribunal Regional Eleitoral. Na condição em que está hoje, ela não poderia ser diplomada para o novo mandato de 4 anos, para o qual foi reeleita no último dia 3 de outubro.

“Não existem provas”, afirmou a deputada ao jornal Diário do Pará, apontando que não é cabível a condenação por abuso de poder econômico nas eleições municipais 2008, quando foi candidata à prefeitura de Marabá.

Ela argumentou sobre a denúncia de abusividade relacionada a uma festa de aniversário, promovida em fevereiro do mesmo ano. “Não teve nada a ver com o processo eleitoral, que se iniciou em julho”, disse.

Bernadete revelou ainda que acredita estar sendo vítima de perseguição política e suspeita de uma pessoa do PSol de Marabá.

A deputada não foi afastada do cargo e declarou que vai entrar o mais breve possível com um recurso, junto ao seu advogado, contra a cassação anunciada pelo TRE-PA. (Fonte: DOL)